Pílula: Rosa Luz

Em homenagem ao dia da visibilidade trans – 29 de janeiro – trazemos o trabalho da artista multimídia do Distrito Federal Rosa Luz com uma canção/poema e uma performance. Os vídeos estão disponíveis também em seu canal de youtube, o Barraco da Rosa, onde além de publicar trabalhos artísticos e discutir temas diversos ela fala sobre sua vivência de mulher negra, trans e da periferia.

 

 

 

Conheça mais em:
https://www.facebook.com/rosaluzoficial
https://www.youtube.com/channel/UCCX7dUMgO8_ORxWQ4PU4ISA
https://catracalivre.com.br/geral/cidadania/indicacao/rosa-luz-mulher-negra-trans-periferica-e-dona-de-si/

Pílula: Berni Searle

    Berni Searle (1964 – África do Sul), vive na cidade do Cabo. Trabalha com diversas linguagens: escultura, fotografias, performance e vídeo. Aborda questões de memória e história, étnicas e de gênero. Em alguns de seus trabalhos, como em About to forget e Spirit of ‘76, utiliza a “hena” como material pictórico, enfatizando a efemeridade.

    Em About to forget, como em outros trabalhos da artista, há uma forte presença pictórica que coloca em relevo proposições sobre memória, juntamente com silhuetas divididas em três quadros, como numa sequência fílmica, e que trazem consigo algo de narrativo, parecem contar uma história: esquecida, para esquecer ou na tentativa de fazê-la permanecer em algum lugar da memória.

 


Site da artista: http://www.bernisearle.com/